A Skoda (73.6%) e a Seat (70.6%) são as marcas onde os clientes dão preferência à aquisição de um automóvel novo face a um usado. Por outro lado, as marcas com uma maior percentagem de clientes a adquirir usados são as consideradas marcas premium, nomeadamente a Mercedes-Benz (70.0%), BMW (65.9%)e Audi (63.0%). Estes dados fazem parte do Automotive Data 2017 já disponível para aquisição no nosso site. O estudo tem como principal objetivo a caracterização do parque automóvel de veículos ligeiros de passageiros (VLP) de Portugal Continental, em circulação, partindo da ótica do possuidor/utilizador. É um estudo dinâmico que se vai adaptando à evolução do mercado automóvel, bem como às necessidades dos clientes.

Os temas abordados no estudo prendem-se com informações sobre as marcas e modelos mais procurados, o local de aquisição e forma de pagamento, qual a probabilidade de adquirir um carro novo nos próximos 12 meses e de que marca e modelo. Aborda ainda a questão dos veículos elétricos, as suas vantagens e desvantagens, questões relacionadas com o local da última assistência ou manutenção e respetiva satisfação ou insatisfação. Quais as marcas de óleos, baterias e combustíveis mais utilizadas e qual a seguradora de eleição.

Os resultados do estudo são apresentados através de uma aplicação informática desenvolvida pela DATA E - a SoftData – que permite ao cliente aceder à informação através de um link e de um código de utilizador devidamente protegidos. Através do algoritmo integrado no SoftData os utilizadores podem realizar cruzamentos e tabulações da informação, inclusão ou exclusão de filtros com base nas variáveis de análise do estudo (apresentadas em gráficos dinâmicos e com informação georreferenciada).

O Universo do estudo é constituído pelos lares do território do Continente possuidores de veículos ligeiros de passageiros. A amostra foi constituída por 600 entrevistas, distribuídas proporcionalmente por região (Grande Lisboa, Grande Porto, Litoral Norte, Litoral Centro, Interior Norte e Sul). A entrevista é realizada ao possuidor/utilizador mais comum do veículo automóvel, em cada lar, desde que tenha participado no processo de aquisição do mesmo e seja responsável pela sua manutenção.